É isso! Joseph Morgan recentemente admitiu para a Us Weekly que ele pegou “tanto quanto [ele] poderia colocar na [sua] bolsa” depois que ele terminou de filmar a temporada final de The Originals.

“Sim, as camisetas de mangas compridas, que eu poderia carregar”, o ator britânico brincou com a gente sobre a camisa de assinatura de seu personagem. “E então, na verdade, nós fizemos um dia em Nova Orleans no final e fizemos algumas cenas e no final foi finalizado. Nós fizemos pequenos discursos sobre algumas coisas e abraços. Foi muito emocionante e depois todo mundo fez as malas e foi embora.”

“Eu me lembro de ficar ali sentindo que todo mundo se foi”, continuou Morgan. “Eu estou meio que em Nova Orleans desempregado e sozinho. Eu tinha amigos e minha esposa também estava comigo, graças a Deus. E alguns do elenco estavam comigo também, mas você se sente como uau. É isso, está feito. É uma alegria e uma tristeza de uma só vez, é a única maneira de descrever isso. É uma infinidade de sentimentos. E então você arruma suas coisas e eu meio que dei uma última olhada no meu camarim em que estou há cinco anos e  você pensa: “Há mais alguma coisa que eu possa roubar? Não, eu tenho tudo. “E então você vai. Eu tirei o crachá da porta. Isso provavelmente vale alguma coisa.”

Morgan interpretou pela primeira vez Klaus Mikaelson em um episódio da 2 ª temporada de The Vampire Diaries em 2011. Ele estrelou em seu spinoff, The Originals, desde que estreou em 2013. Foi anunciado no ano passado que a 5 ª temporada do drama seria o último.

“É surreal porque está chegando e está chegando e você pensa: ‘Bem, restam dois dias’. Ou um dia, ou o que for, e então acontece”, Morgan nos diz sobre encerrar o seriado. “Filmamos nosso último dia em Atlanta e nos despedimos de toda a equipe, o que foi tão estranho porque estamos com muitas dessas pessoas há cinco anos e elas trabalharam comigo quando fui diretor também. Apenas uma espécie de experiência esmagadora.”

Falando em direção, Morgan também refletiu sobre o fato de ter ficado atrás das câmeras para o episódio do dia 2 de maio de 2018, (5×03) que gira em torno de Elijah (Daniel Gillies) que luta com suas memórias depois de ser esquecido de sua família.

“Foi ótimo. Foi um presente porque ele é tão bom, sabe? Obviamente, temos um relacionamento próximo. Cada um de nós dirigiu um ao outro e nós trabalhamos como atores em inúmeras cenas”, disse Morgan sobre seu irmão na tela. “Devem ter centenas de cenas em que estivemos juntos agora. Foi realmente uma experiência fantástica. Nós brincamos muito quando estamos filmando juntos, mas realmente nesse episódio, nós estávamos em sintonia nós dois porque ele está em quase todas as cenas e eu estou lá o tempo todo tentando orquestrar a coisa toda, e fazer todas essas decisões, nas quais passei o pontapé inicial. Foi realmente muito gratificante ter um ótimo colaborador. ”

“Temos gostos muito semelhantes”, continuou ele. “Nós geralmente preferimos o mesmo episódio ou cena, certos elementos do seriado são o que mais gostamos, ou o que menos gostamos, dependendo do que acontece naquele episódio. Eu sabia que não ia ser uma luta para transmitir o que eu estava tentando fazer com o episódio e eu senti que ele estava realmente animado com isso. Eu também senti que é um dos melhores episódios escritos que já tive, então eu tive muita sorte porque eu tenho uma base tão forte com ele e com esse roteiro. ”

Quanto ao retorno de Caroline Forbes (interpretada por Candice King) e do casal de fãs Klaroline, Morgan simplesmente brincou: “Você vai ter que esperar para ver.”

 

FONTE: US WEEKLY | TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: Joseph Morgan Brasil

 

postado por Ana Lidia
arquivado em: Uncategorized