Confira a estrevista que o Joseph fez recentemente para o site dujuor.com:

British-born actor Joseph Morgan had already been living in the United States when he won the role of Klaus Mikaelson on the CW’s vampire series The Originals, but moving to Atlanta to film the show was still an adjustment for him. “I felt like it wasn’t home because I moved from another city,” he says. “It all felt alien and strange to me.”

But it didn’t take too long for Morgan to feel right at home.

“It sounds a little cliché to say, but I really do find that the majority of people are very friendly here,” he explains. “Just passing people in the street, they’ll give a wave when they say good morning, and I’ve gotten really used to it. So when I go to New York or some other place, I try and do the same thing and people look at me like I’m crazy.”

This brand of Southern Charm doesn’t end when Morgan gets to work, either. The Originals follows three characters who began on The Vampire Diaries, and Morgan says that along with the storylines, they also brought an easygoing working environment.

“I want to be able to go to work every day and for it to be fun, rewarding and exciting—and almost every day I feel that,” he says. “We’re a really hard working crew, we work nine months a year with a lot of 15-hour days, but it would be so much harder if there was any tension, or atmosphere of negativity on set. Thankfully we have a really great time.”

And while Morgan counts visits to Atlanta’s High Gallery and bike rides along the BeltLine Park among his favorite off-hours activities, he’s also quick to point out that days on-set are never dull affairs.

“I’m working all week, so when I come home all I want to do is hang out with my wife and my dogs,” he says. “But my life isn’t so boring. Someone can ask what I did today and I can say, ‘I tore two guys’ heads off, had a huge fight and went running through the woods before I even made it home.’”

TRADUÇÃO:

”O ator britânico nascido Joseph Morgan já tinha vivido nos Estados Unidos, quando ele ganhou o papel de Klaus Mikaelson em vampiro série da CW  The Originals ,  mas se mudar para Atlanta para filmar o show foi ainda um ajuste para ele. “Eu senti que não estava em casa porque eu me mudei para outra cidade”, diz ele. “Tudo parecia estranho e estranho para mim.”

Mas não demorou muito para Morgan para se sentir em casa.

“Parece um pouco clichê dizer isso, mas eu realmente acho que a maioria das pessoas são muito amigáveis ​​aqui”, explica ele. “Só de passagem de pessoas na rua, eles vão dar uma onda quando dizem bom dia, e eu comecei realmente acostumar com isso. Então, quando eu ir para Nova York ou em algum outro lugar, eu tento e fazer a mesma coisa e as pessoas olham para mim como se eu sou louco “.

Esta marca de Southern Charm não termina quando Morgan começa a trabalhar, também.  Os Originais  segue três personagens que começaram em  The Vampire Diaries , e Morgan diz que, juntamente com as histórias, eles também trouxe um ambiente de trabalho descontraído. 

“Eu quero ser capaz de ir para o trabalho todos os dias e para que possa ser divertido, gratificante e emocionante-e quase todos os dias eu sinto isso”, diz ele. “Nós estamos realmente trabalhando duro, trabalhamos nove meses por ano, com um monte de 15 horas por dia, mas seria muito mais difícil se havia alguma tensão, ou atmosfera de negatividade no set. Felizmente temos um tempo muito grande. “

E enquanto Morgan conta visitas a alta Galeria de Atlanta e passeios de bicicleta ao longo do Parque linha de cintura entre suas atividades fora do horário favoritos, ele também é rápido em apontar que os dias no set nunca são assuntos maçantes.

“Eu estou trabalhando durante toda a semana, então quando eu voltar para casa tudo o que eu quero fazer é sair com minha esposa e meus cachorros”, diz ele. “Mas a minha vida não é tão chato. Alguém pode perguntar o que eu fiz hoje e posso dizer, ‘Eu rasguei dois homens’ cabeças fora, tinha uma enorme luta e saiu correndo pela floresta antes que eu mesmo fiz isso em casa. ” ”

6958553029f5-500x600

 

 

postado por Bárbara Lima
arquivado em: Uncategorized